sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Um Tudo

Eu era eu
tinha um corpo, uma vida,
um ponto de vista
eu nem sabia
que faltava uma parte,
que podia deixar tudo
uma obra de arte

Eu descobri
um toque, uma luz
um novo horizonte
eu nem podia mais lembrar
como era meu tudo
antes de você chegar

Eu senti muito forte, eu não quis parar
eu só queria ter isso
que estava em todo lugar
de um jeito bem diferente
um jeito que eu nunca vi
senti tudo tão tudo que eu nem percebi

De repente eu era isso
de repente eu só queria ser isso
de repente só fazia sentido ser assim
de repente quando qualquer coisa muda
muda tudo dentro de mim

O que eu sinto aqui
o que eu sinto nesse tudo
só não é maior que o medo
de tudo isso parar
e qualquer coisa no caminho
grande ou pequenininho
não deve atrapalhar

Isso é musica, sabor e carinho
isso é como estar com você num ninho.

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Desamparo.

Me faltam palavras e mãos, olhos, pernas... 
Me falta uma pessoa inteira,
para expressar, poder te falar
amenizar toda essa canseira

Fizeram uma combinação
distância, tempo e saudade
e só avisaram depois
que o disfarce era de eternidade.

todas três todo dia vieram 
e ainda vêm apertá,
e só param se você vem perto
pro mode poder me salvá.

Olho pro céu e a aurora que eu vejo não é a em que você está.

terça-feira, 26 de junho de 2012

Transcedental

Procurando por algo que pudesse explicar

tentando dar sentido ou ilustrar

pra falar-te como  me sinto


De uma maneira diferente,

pode ser incoerente,

sabes tu que eu não minto


achei algo que pudesse

talvez dar luz a uma imagem

algo que mesmo não trazendo a visão,

te levasse para uma viagem.

 

"Plano Etérico:

 é o plano mais elevado na dimensão da matéria; plano mais real e concreto do que o plano físico, mas que é experimentado através dos sentidos da alma em uma dimensão e consciência além da percepção física; deposito dos registros akashicos; mundo dos mestres ascensos e seus retiros; cidades etéricas de luz onde as almas superiores habitam; conhecido como céu; da palavra "éter" que significa hipotético fluido cósmico extremamente sutil que enche os espaços; considerado como agente de transmissão da luz, do calor e da eletricidade; os espaços celestes."

( http://www.sintoniasaintgermain.com.br/dic%20P.htm)

 

Pra mim faz todo o sentido. 


Alienada

Não é que não haja coisa mais importante, 
não é que não caiba mais nada na estante,
não é que estar junto não seja o bastante, 
é só que você não me sai da cabeça. 

Tá bom que o Quebec já se revoltou, 
e o aquecimento global estufou, 
e que as feministas precisam de mim, 
mas é que você não me sai da cabeça. 

E toda essa greve, todo esse caos, 
todas as coisas que fala o jornal, 
toda sujeira que é o capital, 
nada disso faz com que eu esqueça...

Daquela rua onde a gente falou, 
na outra vez que comigo dançou, 
ou do sorvete que você pagou. 
tomara que nada disso pereça. 

achei...rs.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Fusão

Olhos pequenos que fitam
as pernas que dançam,
que dançam a musica
que o ranger de corpos faz

Pelos arrepiam
do sussurro que a boca
depois da mordida
suave nos trás.

O quebra-cabeça
vai se completando
e chega uma hora
que o tino se perde

 Calor que condensa
desejo que mora
nas mãos e quadris
que a mente excede


O gelo que queima
exausto inda teima
em por na fogueira
os nossos sentidos

Depois da fusão
o hálito doce
nos seios e coxas
encontra abrigo.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Admirador

Cor, dança, flor, roda
saia, perna, pé e chão
dependendo até incomoda
ou pode trazer comichão

olhos de corsa, de jabuticaba,
toda ela curvas, toda curva calor
um calor que até atrapalha
o trabalho do trabalhador

Dançando a dança da chuva
chovendo na seca do norte
goteja seu eu e abusa
sotaque e tempero bem forte

queria eu ser profundo
queria falar das ideias
queria entrar no seu mundo
queria não ser só platéia
queria falar dos amores,
dos temores e das ambições
queria mostrar que as cores
são completas de emoções

queria, queria e queria
querer nem sempre é poder
me contento em não saber nada
me contenho só com o te ver

meus olhos que piscam, procuram
 me ajudam a imaginar
que a fazem rainha do reino
que eu crio lá no meu penar.

domingo, 20 de maio de 2012

Mudança de setênio.

Tirar tudo da cabeça,
colocar coisa nova;
coisa que não pereça
do tipo que não tem cova

Olhar para o eu.
olhar para o outro.
achar-se no breu
cada vez mais torto

Esquecer o que nem é passado
e viver o que não é presente
melhorar para si,
mudança permanente.

Tudo tem ligação,
teu tudo te espera lá fora
com todas as cores do céu
apressa-te, que não demora.