segunda-feira, 21 de março de 2011

De olhos bem fechados

Ela estava radiante naquela noite, ou melhor, naquele dia todo.
Ela sempre estava radiante para ele.
Ela o viu e sorriu como sempre fazia. Sorriu um daqueles sorrisos que nos chamam pra sorrir com eles.
Ele sorriu, claro.
Ela foi e se perdeu no meio do mar de gente, mas eles logo se encontraram, eles sempre acabavam se cruzando, como algo que os puxassem pra perto um do outro.Quando ele a viu de novo estava tudo diferente. Ela mais brilhante e ele mais corajoso. Depois de toda a história e de todas as conversas racionais sobre um assunto tão irracional, depois de tudo, ele não podia mais aguentar. Ela não percebe que tudo o que acontece dentro dele só o faz ter mais certeza que o a chave do cofre, que a resposta para as perguntas e todas as metáforas da vida dele estão dentro dela, sob domínio dela e só ela pode liberá-lo dessa masmorra?...Não dava pra só facilitar e aceitar logo tudo? Sem jogo de gato e rato, sem lágrimas e desculpas, sem mentiras nem medos. Era só ela facilitar.
O pior é que o sorriso que era bonito ás 00:30 continuou bonito ás 02:00 e as 04:00 e até o fim da noite. Era mal, era egoísta, mas ainda era bonito, talvez o mais bonito, talvez só mais um, mas era mais um que não o deixava partir, que o fazia sempre se meter novamente naquele beco.
Talvez ela também não fosse ruim e nem egoísta, mas de fato não aceitava o que pra ele era simples: Amor!
Ah..a noite foi dificil..depois daí não tinha muito o que se comemorar. Ela foi dormir pensativa. Por que raios ele dizia coisas com as quais eles dois ja tinham prometido não mais mexer? Não fazia sentido. Pensando assim caiu no sono.
Não era justo, ela não conseguia aceitar o óbvio e quem passava as noites em claro era ele.
Ele se conformou e acabou dormindo também, do outro lado da cidade, como ela queria. Ele sabia que ainda ia abrir os olhos dela qualquer dia desses.

4 comentários:

  1. Seus olhos precisam ser abertos?
    Você quer abrir os olhos?
    Ou apenas gostaria que fosse isso?
    Permita-se mais, garota!
    Liberte-se da melancolia, porque não há nada mais capricorniano do que a melancolia.
    Faça uma tatuagem, coloque um piercieng e tudo ficará bem.

    ResponderExcluir
  2. Hahaha..boa!..se pá é isso mesmo o que eu vou fazer.
    mas depois te explico melhor esse lace de abrir os olhos..rs

    :)

    ResponderExcluir
  3. o seu tema é preconceituoso contra a minha raça!
    abre o olho japones! rs

    ResponderExcluir